Blog

Fique por dentro das novidades e dicas para sua saúde

DIETA LOW OU ZERO CARB: Solução ou balela?

DIETA LOW OU ZERO CARB: Solução ou balela?

Atualmente vivemos em um constante sinal de alerta, medo, pânico, pavor de carboidratos, não comemos e quando comemos já carregamos aquela culpa por ter jogado nossa dieta fora, uma total "carbofobia". Fazer dieta é sinônimo de cortar carboidratos, todo mundo conhece aquela pessoa que emagreceu horrores com tal dieta, sem falar dos diversos profissionais que são verdadeiros profetas dos milagres que a vida "low carb" pode fazer por você. 
Mas será que é assim mesmo? Será que o bullying com o carbo é justificado e só conseguimos emagrecer realmente quando cortamos o pobre coitado? NÃO! Te contaram apenas metade da história! Vamos aos fatos: 
1) Quando falamos em redução de peso, qualquer coisa que você fizer vai dar resultado, porém esse resultado não será sustentado e logo você vai ter que mudar o padrão por que seu corpo vai parar de responder, e o principal reduzir peso não é sinônimo de EMAGRECER, emagrecimento é quando reduzimos gordura corporal e ganhamos massa muscular, por isso nós podemos perder peso e engordar ao mesmo tempo (mas vou falar disso em outra #dicadoprofessor). 
2) Não é restrição total de carboidratos que faz você emagrecer, mas sim uma coisa simples chamada BALANÇO ENERGÉTICO, basta comer menos do que você gasta e pronto o resultado vai aparecer. 
3) Fisiologicamente nosso corpo foi programado para consumir carboidratos, sem a ingestão deste macronutriente não ocorre formação de ácido pirúvico (bug no Ciclo de Krebs) e com isso o corpo não é capaz de utilizar gorduras, aí ele vai utilizar sabe o que para gerar energia... isso mesmo, proteína, sua própria massa muscular. É por isso que você reduz peso mas não vê melhora de qualidade corporal, mas sim perda de tônus e flacidez. E se você é sedentário aí complicou tudo, pois a capacidade de utilizar gordura como fonte de energia só é aprimorada com a prática constante de exercícios.
Porém com o padrão moderno de alimentação, onde consumimos carboidratos em EXCESSO, se faz sim necessária uma restrição, mas apenas para o correto balanceamento da ingesta dos demais macronutrientes - proteínas e gorduras. 
"A gordura só queima em uma chama de carboidratos" é uma das frases mais célebres da fisiologia do exercício, portanto se você quer emagrecer, procure um nutricionista, como de forma balanceada e personalizada, faça exercícios, coma menos do que você gasta e SEJA FELIZ! Não caia na "nóia" das dietas da moda, pois como o nome já diz, moda vem de momentânea, passageira, e os cuidados com a sua saúde e a prática de exercícios são para a vida inteira!

PROF.MS. BRUNO PAGAN
O autor: Mestre em Atividade Física & Saúde (UEM/UEL), com especialização em Atividade Física & Saúde (UniCESUMAR), Graduado em Educação Física (UEM), cursou Nutrição (PUCPR) até o último ano, deu uma parada para realizar o mestrado e fundar duas empresas, AVALIARE e SPARKO. Hoje se reveza na administração, aulas em diversos cursos de pós graduação, participa de maratonas, triatlhon e está fazendo mais uma pós-graduação em Ciências Médicas no Exercício e no Esporte (CEFIT).